Como você divulga o seu trabalho nas redes sociais, profe?


Anote em um papel ou em um Docs: como você se divulga? O que você faz? Navegue aí nas suas redes sociais, dê uma olhada nos vídeos que você já postou, no seu blog, no seu site...


Você costuma começar dizendo suas titulações e os seus anos de experiência no ensino de idiomas? Ou por acaso se gaba com aquela história do tal do professor nativo?


Agora se pergunte: será que essa é mesmo uma boa forma de se apresentar? Será que um aluno comum consegue entender e traduzir na cabeça dele o que significa ser mestre ou doutor em uma área que ele, se você tiver sorte, conhece só de nome? E quantos outros colegas seus não possuem os mesmos ou mais anos de experiência que você? E também usam isso como um argumento de venda.


O que eu estou querendo te dizer é que se você não mostra o seu valor, o seu futuro aluno não vai conseguir enxergá-lo. Se ele busca por professores e todos estão se apresentando mais ou menos do mesmo modo, por que ele pagaria mais para você? É por isso que ele te pede desconto, porque ele te compara com esses outros, todos iguaizinhos.


E existem formas relativamente simples de nos divulgarmos de um jeito diferente, vou te contar duas delas. A primeira é publicar os depoimentos que você recebe.


Ontem uma profe mentorada minha veio me mostrar um comentário elogioso que um aluno dela tinha feito em um post de um grupo de Facebook sobre o trabalho dela. Eu dei os parabéns e fiquei esperando ela me dizer o que ela faria com isso. Então eu resolvi cutucá-la perguntando se ela não ia publicar no Insta dela. E ela falou que não tinha como porque estava no Facebook. Ora, sempre tem como! Perguntei se ela sabia bater um print e recebi um coração de volta ;) E também sugeri a ela que compartilhasse nos stories e que abrisse uma aba nos destaques só para depoimentos.


Parece bobo, né? Mas quem aqui não busca indicação na hora que precisa de um serviço? Por mais que você fale como você é bom, o depoimento de cliente é muito mais forte do que suas titulações incompreensíveis para não acadêmicos, se for o seu caso.


Se uma pessoa cai no seu Insta ou no seu LinkedIn e vê vários depoimentos de alunos, ela vai ter outra impressão de você, com certeza.


Por isso você precisa de seres humanos que falam a mesma língua que outro ser humano que você quer atingir compreenda. Agora volte aos seus materiais e veja se há depoimentos neles. Se não encontrou nenhum, como será que poderia conseguir alguns?


Agora faça o mesmo exercício no feed do Papo de Profes (@papodeprofes), você vai se deparar com vários ;)


Outro exercício interessante que você pode fazer é rolar o seu feed e se perguntar o seguinte: se eu tirasse a minha foto deste post e colocasse a de qualquer outro professor, faria alguma diferença? O que eu mais vejo por aí são perfis com explicações de regras gramaticais e várias outras informações que o Google sabe responder para qualquer pessoa…


Tudo isso para chegar à outra forma de se divulgar nas redes sem ter que dizer como você é bom: produzir conteúdo relevante, interessante, criativo e de valor. Dá trabalho? Ô, este post aqui demorou para ser escrito, mas eu quero muito te oferecer valor e também me divulgar pra você de uma forma que você me perceba diferente dos outros profes que ajudam profes.


E se essa discussão te interessou, nós vamos falar muito sobre produção de conteúdos para profes no Plano de Voo, evento sobre planejamento de carreira para profes de idiomas. Para entrar na lista de espera da primeira edição de 2021, acesse este formulário. Para conhecer a programação da última edição, clique aqui

Daniele Pechi é professora de Português como língua estrangeira, jornalista e germanista. Foi repórter das revistas Exame, Nova Escola e Gestão Escolar e atuou como coordenadora pedagógica em uma escola de idiomas. É colaboradora de ONGs da área de Educação, dentre elas o Instituto Pró-Livro, para o qual produz conteúdos institucionais e as redes sociais da Plataforma Pró-Livro, que mapeia e divulga projetos de incentivo à leitura. É fundadora da iniciativa Papo de professor, rede que promove capacitações para professores de idiomas e ambiente colaborativo de compartilhamento de ideias e materiais para aulas de línguas estrangeiras.

Seja um(a) colaborador(a) do Blog SBS! Se você é profissional da área da Educação e deseja colaborar com o nosso blog, envie um de seus artigos para nós através do e-mail mkt.estrategicosbs@sbs.com.br com o assunto "Artigo Blog" e publicaremos aqui

57 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo