ENEM 2020: Candidatos com COVID-19 poderão remarcar data do exame, diz Inep


Os candidatos ao ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) 2020 que tiverem diagnóstico confirmado de Covid-19 em data próxima à aplicação do exame poderão remarcar a data da prova, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Além disso, o Inep prevê ocupação máxima de 50% das salas onde o exame será aplicado, para evitar a disseminação do Coronavírus, inclusive com salas especiais para candidatos que se declarem parte de grupo de risco.

O uso de máscara será obrigatório durante toda a aplicação do exame, e caso o candidato se recuse a utilizar máscara durante a prova, poderá ser automaticamente desclassificado. O Inep informa também que todos os locais de prova terão álcool em gel disponível para candidatos e fiscais de prova.

Previsto originalmente para ser realizado no último mês de novembro, o ENEM foi adiado devido à pandemia e será realizado em duas datas, 17 e 24 de Janeiro para quem optar por realizar a prova impressa, e 31 de janeiro e 7 de fevereiro para quem optou pela prova digital. Com o novo aumento no número de casos no Brasil, há uma preocupação de que a pandemia não terá diminuído quando o ENEM for realizado, pouco mais de 2 semanas após as festividades de fim de ano.


Segundo o Inep, os candidatos que precisarem solicitar o adiamento em função do diagnóstico de Covid-19 deverão anexar o laudo médico que informe a condição de saúde em sua página do participante, no site do Inep.


As instruções para o envio da documentação estão todas no link acima.


Caso o diagnóstico de Covid-19 ocorra no dia da aplicação da prova, além de enviar os documentos pelo site do Inep, o candidato também deverá ligar para a Central de Atendimento do Inep, no número 0800-616161 e comunicar a situação. Se a documentação for aceita, o candidato deverá fazer a prova nos dias 23 e 24 de fevereiro, mesma data em que o ENEM é aplicado a candidatos privados de liberdade.


Até o fechamento desta publicação, o Inep não deu esclarecimentos sobre casos em que o candidato continue tendo sintomas ou receba o diagnóstico na data da reaplicação das provas. Além da Covid, o Inep esclarece que candidatos que tenham outras doenças infectocontagiosas também devem comunicar seus quadros de saúde.


O Inep estima ampliar em 40% o número de salas de aplicação de provas e dos locais de exame, além da criação de salas especiais para candidatos do grupo de risco, com um número máximo de 12 pessoas por sala. A solicitação por atendimento especial de grupo de risco deve ser feita também no link informado anteriormente.

Os candidatos idosos que vão prestar o ENEM 2020 não precisam se preocupar em procurar a Central de Atendimento do Inep. A data de nascimento informada no ato da inscrição serve como comprovação de pertencimento a grupo de risco, e o Inep já direcionará os candidatos a salas de grupos de risco.

Seja um(a) colaborador(a) do Blog SBS! Se você é profissional da área da Educação e deseja colaborar com o nosso blog, envie um de seus artigos para nós através do e-mail mkt.estrategicosbs@sbs.com.br com o assunto "Artigo Blog" e publicaremos aqui!

27 visualizações0 comentário
LOGO_SBS_MAIS_EDUCACAO_branco.png

PRODUTOS E SERVIÇOS

© 2020 by SBS Livraria Internacional